Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

sábado, 2 de maio de 2015

Românticos? São poucos!


Decididamento o romantico  sempre ( na minha opinião) foi visto pela humanidade como um ser insano.
Hoje vejo-o completamente em extinção. Salvo alguns poetas que terão suas almas consumadas a escrever entre lágrimas esse amor tão sonhado por uns e tão desdenhado por outros.

E essa onda de deixar esse amor  de lado em detrimento de sentimentos voluvéis que tornam o ser humano tão desumano com o outro. Me faz questionar a mim mesma.
Porque ?
Porque algumas vezes insistimos tanto em nos machucar?
A verdade nunca é dolorosa, ela só dói quando a mentira a antecede. Ela vem com o gosto amargo da decepção.

D E C E P Ç Ã O

Porque nos decepcionamos tanto com o outro? ... por uma simples questão de expectativas. Criamos expectativas de vários formatos e tamanhos nas costas do outro, que , por sua vez não tem a menor obrigação de ser como queremos ou supomos que ele seja.

E voltamos ao meu ser romantico sendo extinto, dragado pela acelaração desenfreada dos "não me pegues e não me toques " da vida.
Já disse uma vez e não me canso de repetir sou intensa em tudo na minha vida. Não sei se é bom ou ruim, mas prefiro pecar pelo excesso de acreditar que preciso amar e ser amada sem moderação, com respeito, carinho e muita mas muita criatividade principalmente qdo a idade começar a pesar.

Porque pesa sim. Principalmente quando você se depara numa situação de "quase pés e mãos atados " ...
Não, eu não acredito em amor perfeito. Simplesmente porque todos nós somo imperfeitos.
O amor ao meu ver é a junção de qualidades e limites. E dentro dessa junção está a imperfeição que nada mais é que , as tentativas de ajustes entre o que é certo e o que é errado.

Eu acredito que Deus reservou para cada um de nós a pessoa certa e não a ideal. A pessoa ideal não existe. E nós seja por afinidade, sintonia, cegueira emocional ou falta de amor próprio, metemos os pés na lama.

E a cada dia que passa vejo um tanto quanto desaninada está aceleração robótica emocional. Estamos nos tornando gradativamente em nosso próprio lobo.

É certo que, como toda regra tem exceção, existem pessoas que possuem um senso único de bondade e gentileza embutidos no carater .... que fazem a diferença e é de gente assim que a sociedade precisa.

Bjs e até o próximo post
Debby :)

Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!