Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

terça-feira, 27 de maio de 2014

Ciclos


Nossa vida é composta de ciclos e como acontece nas leis da natureza é preciso sempre fechar um ciclo para abrir outro. Mas imperfeitos que somos muitas vezes só aprendemos verdadeiramente quando o tombo é grande.
Costumo dizer que quando a dor dói na alma só cometemos alguns erros uma única vez.
E olha que quando não fechamos devidamente um ciclo já falido ficamos fadados ao sofrimento e saborear todos os dias a sensação de que falta alguma coisa. O sorriso de antes dá lugar ao descolorido gradativo do desencanto.
O ânimo que alavancava a coragem perde-se em desalinhos com a apatia lenta da incerteza.
A fé torna-se meticulosamente menor que a dor. Sim, porque quando estamos teimando numa situação seja ela qual for, e que o fim está bem próximo. A dor será nossa companhia quase que constante quando não temos a fé como elixir para nos salvar e nos dá a certeza de que tudo é possível aquele que crê.


Insistimos em querer viver momentos que estão no passado.
Lembro que uma certa vez leve um fora e a pessoa já estava longe (kkkk), é hoje dou risada mas na época chorei, chorei acho que uns 3 dias. kkkkk
Tipo, na sexta eu tinha um  namorado e no sábado já era ex sem briga, sem terminar, sem nem dizer tchau. Então!
Aprendi anos mais tarde que aquilo que não vivemos e que não encerramos nunca é tarde para fazer uma celebração de fim. Oi, Celebração ????
É também tomei um susto, como celebrar algo que só me fez chorar?.... mas é como se eu estivesse dando para o sentimento da incerteza, da ilusão a certeza do fim. E assim limpando essa área para deixar espaço para o novo, um novo momento, um novo sentimento, um novo ciclo.

E é no tempo que aprendi que é a dor que nos amadurece mesmo, de alma, de dentro para fora. É quando a nova atitude passar a se tornar um hábito, uma constante.
E foi quando aprendi que tudo, absolutamente tudo que vivi de bom ou não tão bom assim, foi mérito de minhas ações, de meus pensamentos, do meu querer, do meu momento. Mas quando esse mesmo tempo passou e me vi nos braços da minha redenção, do meu auto-perdão. Sim!, porque de nada adianta eu te perdoar se eu não me perdoar de alguma forma primeiro. Percebi que aquela dor foi necessária para me mostrar a beleza dos dias que seguem, um atrás do outro. É inegavelmente nos momentos de dor, de tristeza, de solidão que procuramos Deus, que procuramos de certa forma orar.... é quando nossa alma de joelho em oração mostra a Jesus nosso eu verdadeiro. E se formos honestos o suficiente conosco e com Jesus veremos que ficamos estranhamente diferentes.


E nesse próprio tempo percebi o quanto dele perdi guardando mágoas, ressentimentos sentimentos mortos, ilhados, mortos e me amordaçando, não me deixando entender que tudo só acontece por mérito meu por mais doloroso que me chegue esse momento. Mais cedo ou mais tarde todos nós vamos aprender que o essencial da vida é única e exclusivamente o amor... mas não esse amor materialista, doente , as vezes cego e outras burro. Mas o amor que vem junto com a gentileza, com a vontade verdadeira de querer, de cuidar é simplesmente não enxergar um só dia lá na frente sem esse que está no amor tão presente. Seja lá qual for o formato desse amor.


Então! em alguns momentos de profundo aprendizado vamos perceber que até aprender tem ciclos, toda e qualquer fase de nossas vidas são ciclos e precisam ser intensamente vividos, celebrados e finalizados. Pois só assim poderemos dormir com a consciência tranquila .... é uma questão de sentir a vibe
E encarar os minutos, as horas o dia da maneira mais positiva positiva.
E viver intensamente os seus ciclos.



Bjs
Debby :)





terça-feira, 13 de maio de 2014

Um dia agente aprende ...



A gente aprende...
Um dia a gente aprende que algumas vezes vimos e ouvimos as histórias de vida dos patriarcas e matriarcas de nossa  familia para termos um modelo, exemplo de luta, de força, de coragem e acima de  tudo de continuidade de vida... é quando a gente aprende que a vida segue seu fluxo independente se estamos rindo ou chorando. A vida continua....


Um dia a gente aprende a sutil diferença entre amar e se iludir, nunca acreditei em acasos, o que verdadeiramente existe é ação, reação, escolha, consequência. É quando você aprende que a verdade um dia aparece inteira desmascarando a mentira, por menor que ela seja....


Um dia a gente aprende que a decepção nos visita para entendermos única e simplesmente, e que algumas vezes não é tão simples assim, que somos aprendizes, que somos imperfeitos, que nos colocar no lugar do outro é primordial e, não justifica a atitude do outro mas que aquilo que não queremos pra gente não devemos fazer ao outro.
Mas continuando a viver...

Um dia a gente aprende que o auto-perdão é essencial para vivermos momentos felizes, que podemos fazer o outro feliz, que nossa companhia passa a ser agradável. Enfim aprendemos a grata satisfação em nos ter como companhia.

Bjs e até o próximo post.
Debby :)

domingo, 4 de maio de 2014

Minha mãe



Falar da minha mãe.
Vai levar milhões linhas, palavras, frases e sei que não chegar onde quero. Muito do que sou hoje, sei que tenho que agradecer as minhas escolhas de vida estejam elas atreladas ou não a minha mãe. Mas muito do que sou como mãe... vejo algumas coisas em suas atitudes que eu queria para mim como mãe.
Porque como vô... nossa, temos muitos atritos kkkkkkk


Falei dela AQUI e AQUI 

Até hoje tento fazer um cuscuz igual ao dela e não consigo. Hoje em alguns momentos em que o coração fica apertado que a angustia,a dúvida  tentam despedaçar ele é nela que penso. E morando longe fisicamente, percebi que, com o passar dos dias, dos meses e de alguns anos tem algumas relações que a distância aproxima, re-aproxima, enlaça mais. 
As vezes a gente tem uma discussão por uma linha de pensamentos ou atitudes minhas que ela discorda mas no final... a gente se entende. Acredito que essas cenas são boas e tipicas das melhores família.

Teve um dia das mãe desse que Tiago chegou para mim no dia dos pais e disse... Mãe feliz dia dos pais.... Isso ficou dentro de mim durante dias. E tem alguns momentos em que o cansaço da rotina bate e vem em minha mente algumas cenas. Eu e algum deles doente no hospital. Eu no mercado, na reunião da escola, indo ao shop para ajudar nisso ou naquilo, para comprar isso ou aquilo. 

Então! antes dos meus 22 anos de idade qualquer sobra de dinheiro era para mim, roupas, sapatos, acessórios, etc e etc. Mas depois que saiu o resultado ++ positivo no exame de gravidez tudo, absolutamente TUDO mudou em minha vida. Então na ordem de proteção, de cuidado, amor, afeto e atenção... eles(os filhos) sempre vem na frente. Perdi as vezes que estava numa vitrine e via alguma bermuda, short, tênis, brinquedo... que era o jeito do Tiago ou do João. E muito dessa minha luta... agradeço a força e a resistência, e a perseverança da minha mãe acreditar em mim. Tinha dias que o choro rompia no peito. Quando chegava cansada do trabalho, e via um monte,  um monte de coisas das atividades de casa para fazer. Pois ajudante de casa é artigo de luxo para mim, afinal as belezas totalmente raras dos pais não me ajudam em absolutamente nada. O de Tiago deixou de depositar a pensão que nem chegava na mensalidade da escola, quando meu filho fez 18 anos. Imagina se eu deixo de ser mãe porque meu filho fez 18 ????? Se é o de João desde quando João fez 3 meses que nunca ligou e nunca procurou saber dos meninos. Algumas amigas perguntam porque nunca coloquei na justiça... não quero que nenhum Juiz obrigue alguém a ser pai, a dar afeto sem querer. Sem ter competência e muito amor para dar.
Pois pai e mãe antes do dinheiro é carinho, amor, afeto, abraço, beijo, aperto de mão, cuidado e atenção... e nada disso se compra com dinheiro.
Dai minhã mãe... com suas palavras seus conselhos, fez o sentimento de impotência diminuir... e me fez não me cobrar tanto., E se não deu para arrumar hoje, arruma  amanhã. Só não pode deixar a bagunça acumular.

Falar de Minha mãe e não falar de nossa senhora, fé e oração. Não existe, já escrevi aqui antes e não canso de repetir. Queria ter a fé que a minha mãe tem... e ela quem me ensinou a copiar e esperar do outro só o que ele tem de bom. A ser uma pessoa boa ainda que isso me custe algumas lágrimas. A gente ainda confundi alguns sintomas e atitudes de união em família. Mas ninguém é perfeito né? kkkkkkk

Muito mais do que um status, ser mãe é se transformar a cada dia em força, em garra, em luta e em coragem. É amar incondicionalmente o ser que foi gerado em nosso ventre. E sentir a dor antes mesmo do nosso filho sentir, é vibrar no sucesso, e não deixar se abater quando algo der errado. É amar diariamente, é orar a Deus todos os dias pedindo para que ele abençoe nossos filhos, não deixando que nada de mal aconteça com ele. E muito disso aprendi com a minha mãe.


Bjs e até o próximo post
Debby :)



Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!