Clinica Odontológica Silvânia Rocha

Clinica Odontológica Silvânia Rocha
Clinica Odontológica Silvânia Rocha 3019-8911 3052-1880

Bem vindo, você é meu visitante número:

contador

Lomadee

Viaje pelo mundo com a ZARPO!

Patrocinando Em nossas Vidas

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

o Velório, o Cupido e o amor



Você lembra de um dos momentos mas tristes da minha vida ano passado, que foi o velório da minha madrinha. 

Então lá no velório aconteceu algo comigo que só depois de alguns meses surtiu algum efeito. Tipo re-encontrar depois de muitos anos o ex-marido da minha prima. Por quem eu sempre tive muita simpatia. E ficamos conversando algum tempo até que...


Ele já foi casado com a prima dela durante alguns anos e já tem também alguns anos de separado do segundo casamento.
Ela já conhecia ele desde essa época e ainda guria.. dizia que queria casar com um homem igual a ele... principalmente no trato paterno.
Ela só não gostava de uma coisa nele, a mania de fazer cosquinhas mesmo apulso ! :)
Eles se encontram depois de alguns anos no velório da madrinha dela.
Ela estranhou a tristeza embutida no olhar dele, a falta do riso maroto, das piadinhas ainda que fossem aquelas sem graça mas que ela sempre sorria com o sorriso dele. E naquela fração de segundos.. ela se perguntou o que teria acontecido com aquele rapaz alegre, sorridente.
Eles conversaram durante alguns breves minutos, mas o suficiente para ela perceber o quanto ele havia mudado, o quanto a tristeza dele mexeu com ela, para um saber que o outro também estava separado.
Ela no outro dia recebeu um convite dele no facebook e aceitou sem pensar.... mas já sorrindo. Ela nunca entendeu porque sempre sorria ao ver uma foto dele ou simplesmente pensar nele.
Eles conversaram no bate-papo do face durante alguns dias... mas o silêncio tomou conta dos dois....
Ela mandou um olá para ele depois de alguns meses, deduzindo pela ausência que ele teria voltado para a ex. 
Ele realmente voltou para a ex, teve um infarto, fez uma ponte de safena, re-nasceu no dia 25 de setembro de 2012 mas ela não entendeu porque a noticia final de que ele teria separado definitivamente da ex depois da cirurgia deixou ela um pouco feliz. 
Ela disse que estava morando em Recife após receber uma proposta de trabalho desafiadora em todos os sentidos, estava se virando nos 30 para manter o apto alugado, os dois filhos lindos sorrindo, e ficou novamente feliz quando ele perguntou pelo marido dela.
Ela sorriu pedindo para ele apresentar porque nem ela conhecia.
E os dias novamente passaram mas a vontade de ouvir ele cada vez mais só aumentava.
Ele começou a brincar com ela dizendo que era isso que dava arrumar uma namorada longe até que tudo começou..
Começou uma nova fase de ligações diárias, torpedos via sms quase ininterruptos.
Ela fazia de tudo para chegar em casa e conectar no face pois tinha certeza que ele tinha mandando alguma coisa. Se antes já não tinha vontade, ânimo e um namorado para sair, depois dele só queria ficar deitada na cama com o celular no ouvido ouvindo ele.
Ele não fazia ideia do quanto estava tornando os dias dela especiais, do quanto o coração dela acelerava quando via o nome dele no visor do celular, do quanto a mão gelava e as pernas tremiam
Ela ganhou no dia dos namorados um celular com uma tecnologia nova que o celular antigo, por ele, delicadamente chamado de xing-ling não possuía. Mas até abrir aquele embrulho estava certa de que alguma ele iria aprontar pois até uma laranja podre ele quase a convencia que estava vindo pelo correio.
Ele hoje não sabe mas ela vai aproveitar essa promoção para falar do seu amor e sua paixão.
Amor esse que cresce a cada dia.
Ela foi praticamente adotada pela família dele, teve um lance de amor a primeira vista com a quiabada da sogra, apesar dele dizer o tempo todo que ela é puxa-saco.
Ele tem uma irmã que ela carinhosamente chama de cunha linda, com quem fez um pacto silencioso de ligações e sms sempre que alguma delas tivesse saudade e quisesse por algum motivo bobo, fútil mas nunca inútil de ouvir a voz do amor. Então para não sufocar os respectivos namorados elas ficam o tempo todo falando pelo celular, whatsapp, viber ou qq outro meio internético que sirva para matar a saudade. Coisas que só mulher para entender.
Eles ainda se falam todos os dias... e agora estão usando a ponte aérea Salvador - Recife / Recife - Salvador com mais frequência.
Ele também não sabe mas eles vão casar em breve.
Muito em breve
Mas ai já vai ser uma outra história
Ela gostaria de finalizar essa história com um recado
- Mô, adorando te adorar viu ? :)

Bem, ela sou eu :) e ele é o meu mô.... :)


Então essa a minha primeira participação nessa promoção.
E eu sei que você vai sim... clicar nesse link AQUI, ler, curtir e espalhar essa história pelo ar.

kkkk

Bjs e até a próxima

Debby :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você vai chorar comigo, vai rir comigo, vai recordar comigo, vai se emocionar.. vai viver comigo.
Mas quando sair comente..
E me faça feliz! Debby :) :)

Você vai gostar de ler

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Campanha de incentivo a Leitura

Campanha de incentivo a Leitura
Vamos ler mais e melhor!